Saber Como Essas Figuras Históricas Se Pareciam Vai Mudar Sua Forma De Ver O Passado

Saber Como Essas Figuras Históricas Se Pareciam Vai Mudar Sua Forma De Ver O Passado

Como Nefertiti realmente se parecia

Em 2018, a “Expedição ao Desconhecido”, do Travel Channel, usou tecnologia de imagens em 3D para digitalizar e mapear digitalmente a estrutura facial de uma múmia conhecida como “A jovem senhora”, que muito embora seja creditada a Nefertiti, sua verdadeira identidade ainda é muito debatida.

Depois que o rosto da múmia foi digitalizado, a paleoartista Elisabeth Daynes levou 500 horas para recriar o rosto no busto com base em imagens históricas de Nefertiti. Este projeto parecia provar que “A jovem senhora” era de fato Nefertiti. Após o seu lançamento, a imagem causou muita controvérsia sobre a suposta cor da pele de Nefertiti.

Maximilien Robespierre

Maximilien Robespierre foi um advogado e político francês proeminente durante a Revolução Francesa. Ele era um defensor ativo do sufrágio universal, a abolição do celibato, a tolerância religiosa e a abolição da escravidão nas colônias francesas.

Robespierre foi integrante durante a Tomada das Tulherias, que ajudou a estabelecer a Primeira República Francesa em 1792 antes da execução de Maria Antonieta e Luís XVI. Ele foi eleito deputado para a Convenção Nacional, mas é mais conhecido como uma figura central durante o “Reino de Terror” da França. Graças à tecnologia moderna, os pesquisadores puderam determinar como era Robespierre.

Como Maximilien Robespierre realmente se parecia

Essa era a suposta face do “Reino do Terror” da França. Em 2013, o patologista forense Philippe Charlier juntou-se ao especialista em reconstrução facial, Philippe Froesch, para criar uma representação do rosto do garoto-propaganda da Revolução Francesa.

Além da obra de arte contemporânea de Robespierre (que foi feita para lisonjeá-lo), Charlier e Froesch usaram a máscara mortuária dele, que acredita-se ter sido feita pela própria Madame Tussaud, que fez a máscara com a cabeça decapitada de Robespierre. Ele foi executado em 28 de julho de 1794, um ano depois de se tornar membro do poderoso Comitê de Segurança Pública.

Robert The Bruce

Robert the Bruce, também conhecido como Robert I, foi rei dos escoceses de 1306 a 1329. Robert I é mais lembrado por garantir a independência da Escócia da Inglaterra depois de travar uma guerra de guerrilha contra os ingleses. Mesmo depois de ser derrotado na Batalha de Bannockburn em junho de 1314, Edward II ainda se recusou a desistir da soberania da Escócia.

Isso levaria os condes escoceses, os barões e a comunidade a escrever uma carta ao papa João XXII, afirmando que Robert I era o monarca legítimo. Não há obras contemporâneas ou arte descrevendo Robert the Bruce, mas pesquisadores da Universidade de Glasgow decidiram descobrir como ele realmente era.

Como Robert The Bruce realmente se parecia

Usando moldes do que se acredita ser o crânio de Robert Bruce, pesquisadores da Universidade de Glasgow determinaram como este rei escocês se parecia pessoalmente. No passado, os artistas simplesmente usavam sua imaginação e o boca a boca para criar os retratos e estátuas dele.

Usando a tecnologia Face Lab, os pesquisadores usaram evidências legais e arqueológicas para criar sua imagem. Em 1324, o papa reconheceu Robert Bruce como o legítimo rei de uma Escócia independente, mas ele morreu cinco anos depois. Foi enterrado na Abadia de Dunfermine e seu coração foi enterrado na Abadia de Melrose.

Acompanhe o resto da história na próxima página

Page 2 of 8
PREVNEXT